quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Epitáfio do Carlos, o Temerário


Carlos, o Temerário, nasceu em Dijon em 1433 e faleceu em Nancy, em 1476. Seu corpo, sob Carlos V, foi trasladado a Bruges.

Aqui jaz o mui alto, mui poderoso e magnânimo Príncipe Carlos, Duque de Borgonha, de Lorena, de Brabante, de Limburgo, de Luxemburgo e de Gueldres;

Conde de Flandres, d'Artois, de Borgonha; Palatino de Haynneau, de Holanda, de Zelândia, de Namur, de Zutphen; Marquês do Sacro Império; Senhor de Frisia, de Salins e de Malines,

o qual sendo grandemente dotado de força, de constância e de magnanimidade, prosperou por longo tempo em altas empresas, batalhas e vitórias, tanto em Mont-lo-Héry, em Normandia, em Artois, em Liège, como em outras partes, até que a fortuna, virando-lhe as costas, o afligiu na noite de Reis em 1476 diante de Nancy.


O corpo do qual, depositado na dita Nancy, foi depois, pelo mui alto, mui poderoso e mui vitorioso Príncipe Carlos, Imperador dos Romanos, V° deste nome, seu bisneto, herdeiro de seu nome, vitórias e senhorios, transladado a Bruges, onde o Rei Felipe de Castela, Leão, Aragão e Navarra, filho do dito Imperador Carlos, fê-lo colocar neste túmulo ao lado de sua filha e única herdeira, Maria, mulher e esposa do mui alto e mui poderoso Príncipe Maximiliano, Arquiduque d'Austria, depois Rei e Imperador dos Romanos. – Rezemos a Deus por sua alma. – Amém.

(Fonte: Alexandre Dumas, “Excursions sur les bords du Rhin – Impressions de Voyage”, Calmann-Lévy Editeurs, Paris, Tomo I, pp. 92 s., 112 a 115)



GLÓRIA CRUZADAS CASTELOS CATEDRAIS ORAÇÕES CONTOS CIDADE SIMBOLOS
Voltar a 'Glória da Idade MédiaAS CRUZADASCASTELOS MEDIEVAISCATEDRAIS MEDIEVAISORAÇÕES E MILAGRES MEDIEVAISCONTOS E LENDAS DA ERA MEDIEVALA CIDADE MEDIEVALJOIAS E SIMBOLOS MEDIEVAIS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Comente sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.